terça-feira, 18 de maio de 2010

Sangue

Twit This!
Eu estava ajudando um médico a fazer exames de sangue. A primeira paciente tinha uma filha e eu lembro que colocamos ela - a paciente - deitada numa mesa igual as de necrotério, de metal. Tirávamos amostra de sangue a vácuo. O que acontece, é que algumas amostras estavam contaminadas. 

Essa mulher estava bem doente: parecia febril, pálida e fraca e depois dela atendemos algumas outras. Não haviam pacientes homens ou crianças.
Depois de umas duas ou três pacientes, nós começamos a colher algumas amostras e aplicar outras. Numa dessas vezes, aplicamos um sangue doente e a mulher começou a se debater, salivar e gritar. Tivemos de amarrá-la na mesa. Isso ocorreu algumas vezes, até desistirmos.
Então eu sai. Estava indo pra um shopping, que ficava na frente de um supermercado. Atravessei a primeira avenida, do lado de cá do shopping. Era iluminada, barulhenta, movimentada, contrastando com a do lado de lá que era escura, silenciosa, parada, vazia. Haviam muitos carros, todos apagados como se as pessoas tivessem abandonado eles ali durante um sinal vermelho.

Segui meu caminho. Passei por uma praça com várias figuras diferentes, era quase outro mundo. Não fazia mais sentido pra mim. 
Entrei em uma garagem de um prédio aleatório. Havia um cara nu andando de um lado pro outro, gordo, peludo e velho. As pernas eram magras e finas, espremidas em botas femininas pretas, de couro, que cobriam as nádegas. Lembro que encontrei meu irmão e quando passamos por esse homem, ele ficou excitado e implicou com o meu irmão. Além de gordo, peludo e velho, era calvo também.



20 comentários:

Luiz Brisa disse...

axei meio triste
mas vc escreveu d um bom jeito
uma otima narrativa
^^

http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

Lucas T. disse...

Começou como um assustador sonho de armagedon por zumbis, certo que teria me cagado de medo ai e no fim a parte do gordo nu travestido implicando com o teu irmão deu um toque de comedia, claro que na hora deve ter sido bem complexo, mas vendo de fora, bem engraçado. xD

eu... disse...

era um sonho certo ?
c estou certo vc sonha coisas bizarras igual eu


http://drehluvz.blogspot.com/

Admin Futebobeiras disse...

que sonho estranho :O

Alê disse...

"Lembro que encontrei meu irmão e quando passamos por esse homem, ele ficou excitado e implicou com o meu irmão."
Imagino que essa foi a pior parte do sonho.

http://apertamute.blogspot.com/

Admin Futebobeiras disse...

estou seguindo

Lúcio disse...

Nossa!

Karla Hack disse...

Bem estranho este sonho... uma junção de momentos que ficam gravados na retina... Mas tudo muito bem descrito, tem algo de hipnótico na forma com segue o seu contar.
Parabéns!

Macaco Pipi disse...

É SANGUE DO MEU SANGUE
VIDA DA MINHA HONRA!

Turma da Medicina Veterinária - Vértice disse...

Ai que medooo!
adooorei o blog muito lindo, e sobre a historia meew medo Oo'
mais M U I T O lindo mesmoo.
eu mexo com sangue todo dia, tomara que não matee nenhum aminal o.o'

HAUHAUHUAHUHUA
seguindo :*
Débbie.

Patricia C. disse...

Um sonho?
Parabéns pelo blog, muito bom. :)

Thamyzinha Iwasaki disse...

hum sonho estranho mais bem profundo, gostei vc escreve muito bem^_

xau

Fica A Dica disse...

não coloque sangue na minha frente!
não posso ver sangue!
e belo texto

http://caradebatata.blogspot.com

Lala Mendes disse...

Você sonhou isso de verdade?!

Anônimo disse...

Q sonho!
Obg pela visita ao Nossos Rumos!
http://nossosrumos.com.br

fellyps disse...

Devia ser bem sexy o gordinho nu ein, UAHSUHUAHUHSA

Fernanda Elisa disse...

Freud explica! Doididinha de pedra!

Italo Gomes disse...

Caramba que viagem...

Boa narrativa mesmo parabens.

Esse gordinho nu, peludo ae.. sera q é o bixo papao..rsrs

Comente la
http://italoopensador.blogspot.com/

xD

Jade disse...

CARACA, meeu sério, tah fodão esse, por que é bem coisa de sonho, o final não afz sentido nenhum UASHAUHS :)

Francorebel disse...

Triste e belo... gostei!!